RESERVE AGORA
FALE CONOSCO
49 9 9984 0302

BLOG

Postado em 04 de Setembro às 10h55

PLANO DE AÇÃO COVID-19

PLANO DE AÇÃO E PREVENÇÃO AO VÍRUS COVID-19 E DEMAIS MATERIAIS PASSÍVEIS DE CONTÁGIO HUMANO.

Este plano tem por primordial função a interrupção de possíveis contágios por contato nas dependências deste hotel, assegurando total e plena confiança de nossos serviços e acomodações a todo mercado nacional e internacional, os quais serão apresentados a todo Trade do segmento e mídias sociais. “Nós do Hotel Figueiras confiamos em nosso produto”. Abaixo segue todo Planejamento para iniciar a ação acima sugerida, para higienização e esterilização dos ambientes deste hotel.

Objetivos:

1) Higienizar e esterilizar, de maneira profunda e eficaz, TODOS os ambientes passíveis de trânsito comum a hóspedes e colaboradores internos. Isto deverá ser feito mediante aplicação de produtos eficientes e homologados por entidades de saúde, que regulamentam o setor de desinfecção e esterilização de qualquer material biológico sócio contagiante.

2) Garantir a todo mercado nacional e internacional a total segurança e confiabilidade de nossos serviços e acomodações, para os futuros serviços de hospedagens e serviços agregados.

3) Garantir total segurança no ambiente de trabalho para nossos colaboradores e, consequentemente, aos seus familiares, proporcionando mais tranquilidade e eficiente nos trabalhos aqui desenvolvidos.

4) Garantir uma melhor posição no ranking de opções de hotéis disponíveis em nossa região.

5) Evidenciar os esforços e cuidados que estão sendo realizados para tranquilidade e segurança de nosso clientes e colaboradores, mediante publicação nas redes sociais, site e banner na recepção.

Componentes desta força tarefa:
- Organizador responsável: Julio Firmo (Gerente)
- Planejamento dos trabalhos e execução: Vanuza (Governanta)
- Componentes direta da ação: Marise (Camareira)
Janinha (Lavanderia)
Francisca (Lavanderia)

Diretrizes da Ação:
- Vamos iniciar este plano de ação tendo em mente a segurança de seus executores. Os trabalhos só serão iniciados quando todos estiverem equipados com calçados apropriados, não os particulares, luvas de látex descartáveis, máscaras para proteção de vias aéreas, cabelos presos com toucas descartáveis, panos de limpeza descartáveis em boa quantidade, lixeiras móveis imbuídas de sacos de lixo descartável.
- Em todas as ações um profissional deverá estar presente para orientar inicialmente os trabalhos como um médico do trabalho, agente de saúde ou fiscal vigilância sanitária.

Iniciando as operações.
1) UHs:
Iniciar os trabalhos no 8º andar, de preferência duas pessoas em cada apartamento. Realizar uma varredura com panos descartáveis e produtos como álcool 70% e desinfetantes bactericidas, apropriados em todas as partes internas do apartamento tais como: lustres, luminárias, paredes, portas, maçanetas, espelhos, telefone, camas, janelas partes completas, ar condicionado, controles remotos, teclas de liga e desliga luzes, box de banheiro, vaso sanitário completo, pia, torneiras, registros, barras de apoio, amenities, chuveiro, piso do quarto e piso do banheiro, fechadura da porta.

Ao término de cada apartamento, revisar mediante um checklist e anotar o número da unidade habitacional para controle posterior. Descartar TODO material de proteção e panos de limpeza na lixeira que estará no corredor, e usar um novo para o
próximo apartamento.

O enxoval usado é higienizado em nossa lavanderia com produtos para este fim e a temperatura no momento de lavagem e secagem da peça. Ao final de um andar, aspirar o corredor e, na sequência, passar manualmente um pano com solução de ácido acético (vinagre) ou álcool 70%. Descartar o pano de aplicação a cada dois metros de carpete limpo na lixeira que estará na copa das camareiras. Recolher o saco de lixo da lixeira, lacrá-lo e descartá-lo devidamente. Proceder desta forma nos próximos andares.


2) A&B:
Higienizar todas as paredes do setor de cozinha, prateleiras e seus produtos, dando atenção aos balcões, utensílios como bacias, panelas, travessas, aparelhos e máquinas, portas e janelas. Por último, desinfetar o piso. No salão, usar produto bactericida como álcool 70% ou similar nas mesas, cadeiras, enfeites de mesas, galheteiros, potes e/ou recipientes que estejam sobre a mesa, plaquinhas e tudo que aparecer exposto na mesa.

Usar álcool 70% em todo mise en place do café da manhã e demais refeições, incluindo utensílios como térmicas, vasos, recipientes diversos, torradeiras, sanduicheiras, rechaudes, porta cereais, conchas, colheres, pegadores. Higienizar, com álcool 70% ou produto similar, os balcões do buffet, portas de acesso, janelas e travas, teclas de luz, banheiros no setor, rádios de comunicação, maquinetas POS, e terminais de lançamentos, se houver. Higienizar canetas, pranchetas e material de expediente que houver. Higienizar controles de ar e TV, se houver. Todo material usado como panos descartáveis deve ser colocado em sacos de lixo e devidamente descartados na lixeira. Ao fazer o descarte, usar luvas e máscaras. Por fim, higienizar o piso.


3) Recepção, reservas, financeiro.
Nestes setores, higienizar com álcool 70% os terminais PMS, máquinas POS, impressoras (notas, extratos e cupom fiscal) e demais equipamentos para estes suportes, os balcões de atendimento e todo material de expediente.

Higienizar os porta arquivos, se houver, gavetas e seus pegadores, canetas, grampeadores, todos os cartões, chaves de abertura de portas, telefones e headsets. Usar álcool 70% em carrinhos de mala, poltronas, portas e janelas passíveis de
acesso pelos hóspedes, banheiros e demais salas, como maleiros, entre outras. Usar máscaras e luvas descartáveis, e, no final, juntamente com os panos descartáveis, colocar tudo em sacos de lixo e dispensá-los na lixeira.

4) Eventos:
Higienizar todas as cadeiras e pranchões, as paredes da sala de eventos até dois metros do chão, equipamentos como ar condicionados, TVs, treliças, equipamentos de sonorização, áudio e vídeo. Atenção especial à maçanetas de portas e janelas, banheiros e salas de apoio. Atenção especial a todo material de divulgação, como os de gráfica e brindes diversos. Cancelar reuniões neste período de contágio.


5) Lavanderia e demais setores:
Desinfetar, com o uso de álcool 70%, todos os equipamentos e locais passíveis de contato, como máquinas de lavar, secar e passar, utensílios diversos, portas, maçanetas, janelas, banheiros, torneiras, e, por fim, o piso. Usar luvas e máscaras descartáveis durante o processo. No final, colocar tudo em sacos de lixo e depositá-los na lixeira.


6) Recebimento de material/insumos:
Tudo que for entregue no hotel, como mercadorias e insumos diversos, devem passar por um controle de entrada.
Preparar um local de maneira estratégica para receber estes produtos e poder desinfectá-los como possível, com álcool 70%, de maneira a não danificar o produto e ao mesmo tempo evitar a entrada de material contagiante. Depois, levar o produto ao local de uso ou depósito.

7) Entrada provável de hóspedes:
Ao receber algum hóspede, por algum motivo, antes, durante e após o período da pandemia, perguntar a origem de sua viagem, e solicitar que o mesmo faça uso de álcool em gel 70%. Informar aos demais setores da presença do hóspede
e dos cuidados necessários. Ao término do check-in, desinfetar com álcool 70% o elevador, o carrinho de bagagem e objetos usados no procedimento, como canetas, maquinetas POS, calculadoras, entre outros. Ter sempre em mãos, panos descartáveis e álcool 70%.

Recomendações:
- Evitar toques, como aperto de mãos e abraços, tanto com clientes quanto
com fornecedores e colaboradores.
- Entender a cadeia de contágio e desta forma, eliminar todas as possibilidades
com uso de produtos eficazes, como álcool 70% e outros similares.
- Manter distância de dois metros nas conversações e negociações com
clientes, fornecedores e colaboradores.
- Tudo que for tocado é passível de contágio, desta forma, deve ser
desinfetado.
- Manter a calma, usar palavras positivas e em tom brando, não franzir testas e
usar feições de espanto ou medo, pois estes podem trazer uma ideia errada aos
nossos visitantes.
- Beber bastante água e alimentar-se bem para manter uma boa imunidade,
consumindo frutas e verduras frescas, devidamente sanitizadas.
Documentar o máximo possível desta operação, para posterior comprovação e
apresentação. Isto pode ser feito através de filmagens com o celular e apresentação de
notas fiscais de compra de produtos e laudo do mesmo, se possível, emitido pelo
fornecedor.

Ao término desta ação emergencial, dar continuidade para manter a limpeza dos apartamentos, mesmo sem o uso deste de maneira normal. Com o uso de EPIs, como luvas e máscaras, retirar o pó com o uso de álcool 70%, e manter esta postura de
precaução por até 3 meses após não termos mais casos de contágio por este vírus.

Ações Paralelas de combate:
- Elevadores: Os mesmos deverão ser esterilizados diariamente, duas vezes ao dia;
uma antes do início da operação nos andares e outra no final da tarde, pelo pessoal da
recepção ou manutenção, por dentro e por fora.
- Corrimão da escada escadaria principal na recepção: Deverá ser desinfetado duas
vezes ao dia; uma na parte da manhã e outra no final da tarde.
- Corrimão da escadaria de emergência: Deverá ser higienizado uma vez por dia, na
parte da manhã. A limpeza deve incluir as portas corta fogo e suas maçanetas.
- Áreas comuns dos colaboradores: Deverá ser higienizado itens como o relógio ponto,
todas as maçanetas de portas do andar subsolo e térreo, refeitório e seus utensílios,
banheiros, depósitos, lavanderia e suas máquinas e o piso destes locais, uma vez por
dia.
- Locais como Sala de exercícios e seus aparelhos devem ser profundamente e
cuidadosamente desinfetados com produto eficiente e próprio para este fim. Para isto,
usar luvas e máscaras descartáveis.
- Se possível, usar nas entradas do hotel um piso de algodão, como os dos
apartamentos, umedecido constantemente com ácido acético (vinagre) ou álcool
70%, para limpeza dos calçados de TODOS que adentrarem nas dependências do
hotel, pelo prazo da eliminação do vírus de modo geral.
- Disponibilizar álcool em gel em todos os setores e andares do hotel, inclusive na
entrada, um na parte externa e outro na parte interna.

Todos os panos descartáveis deverão ser colocados em sacos de lixeira e posteriormente descartados. Desta maneira poderemos apresentar um equipamento seguro, confortável sem riscos tanto a nossos clientes internos como externos.
“FAZER UMA CONTABILIDADE DO ESFORÇO, TANTO EM INVESTIMENTO, HORAS DE TRABALHO, QUANTIDADE DE PESSOAS ETC. PARA EVIDENCIAR O ESFORÇO NAS REDES SÓCIAS E NO BANNER DA RECEPÇÃO".


Julio Cesar Marques Firmo.
Gerente Geral Hotel Figueiras.

Veja também

RECEITA: Aproveite esse momento para cozinhar em família 14/04 Com a rotina um pouco modificada por conta do isolamento social, fazer atividades com toda a família em casa não é uma tarefa tão simples. Pensando nisso, nós separamos uma receita super especial para você compartilhar com as crianças em casa. Práticos, fáceis, rápidos e deliciosos, os nuggets são ótimos para complementar o......
Conheça São Miguel do Oeste: a capital do Extremo Oeste 15/10/19 A cidade de São Miguel do Oeste - no Extremo Oeste de Santa Catarina - se destaca como um polo econômico na região. O município é um grande produtor de alimentos e faz parte da maior bacia leiteira do estado. São......
Em momentos de turbulência, nossas atitudes fazem a diferença01/04 Estamos enfrentando uma situação atípica e provavelmente pouco imaginada para os tempos atuais. A evolução da medicina e as tecnologias avançadas não são suficientes para impedir a......

Voltar para Blog